4 de março de 2007

Terezín


Cerca de 60 Km a Noroeste de Praga, a cidade de Terezín abriga uma fortaleza militar construída no século XVIII, que durante a II Guerra Mundial foi utilizada como campo de concentração pelos nazistas.

Este era um campo onde as pessoas permaneciam por menos tempo, até serem transferidas para outros campos. Os prisioneiros, em sua maioria dissidentes políticos, ciganos e judeus, viviam em condições sub humanas e eram submetidos a trabalhos forçados. Houveram mortes neste campo, mas em dimensões bem menores do que em outros.

No portão principal de entrada, a mesma inscrição que vi em Auschwitz há quase 1 ano atrás: "Arbeit Macht Frei" (O Trabalho Liberta).

Para saber mais, acesse o site http://www.pamatnik-terezin.cz/

Um comentário:

Sheik Luís disse...

Gostei da frase. Combina com outras como "O trabalho dignifica o homem". Anotei-a por aqui.